sábado, 30 de maio de 2009

Mais uma bicicletada pai d'égua!



Mais uma vez a capital paraense foi presenteada com uma ação do movimento da bicicletada. Em pleno sábado à tarde, 15 ciclistas, de todas as idades, homens e mulheres, em choppers, ghost-bikes, speeds, bikessom, urbanas e mountain bikes pedalaram por alguns dos principais bairros da cidade, do centro à periferia, com mensagens de saúde e bem estar.

Todas as magrelas (e a gorducha bikessom) devidamente sinalizadas com as placas de: “Respeite, um carro a menos”, saíram do centro da cidade (Mercado de São Braz), dessa vez por um trajeto pouco usual à maioria das/os integrantes, o bairro do Guamá (mais populoso de Belém), especialmente pela rua Barão de Igarapé-miri (do mercado do Guamá) conhecida pelo seu trânsito caótico e a presença massiva de bicicletas de passeio, trabalho, carregando jovens e até famílias inteiras. Foi uma espécie de reconhecimento de terreno aos que jamais haviam se pedalado por lá, uma vez que se trata de um dos lugares onde se pretende fomentar a bicicletada.

Seguimos depois pela avenida Arthur Bernardes, que seria a beirarrio da cidade, mas é tomada por estabelecimentos comerciais, com excessão de poucas “janelas” para o rio, mais um péssimo exemplo de urbanismo numa região tão propícia ao desfrute de um meio ambiente rico e saudável. Passando pelo bairro da Condor, tomamos uma faixa da avenida Padre Eutíquio, até a frente ao conglomerado de lojas “Pátio Belém” e seu mal exemplo de planejamento de transporte, onde podemos constatar, como qualquer cidadão, a insegurança gerada pelo improviso de estacionamentos em calçadas e abrigos de paradas de ônibus inexistentes, onde caberia até um terminal urbano devido ao fluxo.



Partimos então em direção à Praça da República e a avenida Nazaré até chegarmos em São Braz novamente, podendo vislumbrar uma das poucas áreas relativamente bem arborizadas da cidade com a sua formação característica de túneis de mangueiras.

O saldo da ação foi muito positivo e apontou para uma possível mudança na mobilização, sugerindo que talvez fosse melhor, ao menos por hora, realizar a bicicletada mensal aos sábados à tarde, devido a dificuldades de moblização nas últimas sextas-feiras a noite dos meses que passados, quando a participação foi inexpressiva.

Decidiu-se então realizar a próxima bicicletada no dia 27 de junho, último sábado do mês, às 17h. Dando continuidade à confecção de materiais e os debates no fórum virtual.


Foi sugerido também a realização de uma ação direta de pintura de ciclovias, aproveitando os novos estêncils doados pela bicicletada se sampa.
Esperamos que cada vez mais ciclistas se interessem em tornarem-se ativistas também, não só por causa própria, mas pelo bem da cidade.

No último sábado do mês, deixe seu carro na garagem e venha pedalar conosco!

Um comentário:

  1. Bicicletada Paidégua em todos os sentidos.
    Um belo final de tarde sem incidentes e sem chuva.
    Com um pouquinho mais de divulgação, faremos uma ação bem maior no mês de Junho.
    Que todos os loucos por bicicletas fiquem sabendo e venham pedalar pelas ruas da cidade no próximo dia 27 de junho.
    Abrs. Lupa

    ResponderExcluir

Somente comentários respeitosos serão aceitos, incluindo críticas, sugestões, dúvidas, elogios, opiniões etc.