quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Bicicletada Pará toma de assalto "passeio" da Prefeitura de Belém

Ciclistas feitos de palhaço pela Prefeitura de Belém.


Os cicloativistas de Belém e região metropolitana, organizaram-se paralelamente ao "passieo ciclístico" organizado pela Prefeitura de Belém pelo Dia Mundial Sem Carro. Munidos de narizes de palhaço, máscaras, faixas, panfletos e bike-som, abordaram o "passeio" interrompendo a Av. João Paulo II e convocando os participantes a mandarem um recado aos gestores municipais.



O passeio todo virou uma bicicletada com mais de 500 integrantes, teve seu itinerário modificado e foi marcado pelos protestos contra o descaso da prefeitura.

Estêncils marcaram a passagem dos cicloativistas pelas ruas da cidade.

Fechando vas importantes, "os invisíveis" do trânsito no dia-a-dia se fizeram enxergar pelos belenenses, especialmente os condutores de veículos automotores. Fora a Av. João Paulo II, interrompeu-se a Av. Visconde de Souza Franco.

Afirmação de direitos num dos principais pontos turísticos da cidade, a Estação das Docas.

O momento culminante foi a "invasão" da Estação das Docas. Pacificamente e empurrando suas bicicletas, os ciclativistas afirmaram seus direitos, especialmente o que consta no Código Brasileiro de Trânsito: "[a]rt. 68 (…) § 1º O ciclista desmontado empurrando a bicicleta equipara-se ao pedestre em direitos e deveres."

Ficou o convite aos ciclistas que ainda não participam, juntarem-se à Bicicletada Pará no póximo sábado, às 16h, na Praça do Mercado de São Braz.

Um comentário:

  1. Os cicloativistas de Belém e região metropolitana estão de parabéns. Primeiro porque demonstraram que não estão dormindo, que sabem muito bem diferenciar uma manifestação festiva de uma manifestação de protesto. Segundo porque demonstraram que estão unidos em torno da mesma causa, o reconhecimento do ciclista como cidadão. Peço desculpas aos nossos líderes políticos, que também são ciclistas, pelo tiro no pé, mas a utilização da mídia para aglutinar os ciclistas foi muito oportuna para o movimento.

    ResponderExcluir

Somente comentários respeitosos serão aceitos, incluindo críticas, sugestões, dúvidas, elogios, opiniões etc.